Interrompendo o ciclo do pensamento negativo

Muitas vezes desistimos dos nosso sonhos, porque insistimos em acreditar naquele pensamento negativo, do medo, da imaginação de que nada vai dar certo.

Sabe aquele pensamento que fica insistindo em permanecer na sua mente? Você tenta de tudo e não consegue deixar de pensar nele?

Você deve estar se perguntando: Como eu faço para parar de pensar negativo? Como eu interrompo esse ciclo? Parece que eu não tenho controle sobre meu pensamento!

Pois eu te digo que você tem controle sobre sua mente sim! Você só não está sabendo usar esse controle.

Para você entender como ocorre em nossa mente o ciclo do pensamento negativo, vamos começar por compreender como desencadeia esse medo inicial.  No primeiro momento, nossa mente subconsciente aciona o gatilho do medo, do instinto de sobrevivência, pode ser um emprego novo, um desafio, um exercício físico, enfim, podem ser várias situações que acionam esse gatilho do medo, nossa mente subconsciente quer preservar a vida e gastar menos energia, e no mesmo momento associamos várias outras situações similares que também proporcionaram medo no passado.

Acumulando uma série de pensamentos negativos, nessa hora você começa a liberar esses pensamentos que surgiram em sua mente, você começa a “prever” ou “imaginar” o futuro. Nesse momento, quando começamos a prever ou imaginar determinada situação, que pode dar errado, que pode gerar decepção, que pode gerar frustração, que pode…. que pode… então, paralisamos!

Muitas vezes optamos por não continuar com o projeto, porque temos medo de que a imaginação se realize. A partir desse ponto, a potência começa diminuir e sem esforço o planejamento não acontece, concretizando a imaginação negativa. Então, começa a flagelação:  Viu? eu não disse que não iria dar certo! Eu já estava prevendo isso! Comigo sempre acontece isso! Esses pensamentos voltam para sua mente subconsciente armazenando esse comando, ou seja, confirmando o sentimento de que não iria dar certo.

Quando eu não trago para mente consciente e não analiso de uma forma consciente o contexto do medo, eu acabo trazendo para minha vida o papel de vítima. Essa é a pior parte! Simplesmente porque os pensamentos de vitimização são terríveis para nós, acabamos perdendo cada vez mais a potência interior e gerando baixa estima, desmotivação, baixa confiança e tristeza. Começamos a nos sentir um mártir, uma sofredor, uma pessoa que nada dá certo, sem oportunidades, mesmo sendo boa pessoa nada dá certo, questionando a sorte dos outros e tornando-se mártir do seu destino. Percebendo-se como não merecedor. Nessa hora toda sua energia e potência cai ao nível zero.

Todos nós temos uma potência incrível!

Mas os pensamentos tóxicos de vitimização e de mártir, acabam por minar com toda essa potência que existe dentro de nós. Chega um momento na vida de cada um de nós, que precisamos dizer Chega! Até aqui eu me fiz de vítima, até aqui eu sofri, agora não quero mais sofrer. Esses pensamentos estão cancelados!

Quando eu afirmo isso, através da consciência, mudo a frequência dos pensamentos, decido a partir de hoje que sou merecedor de toda prosperidade do universo, que sou merecedor de toda felicidade, bons pensamentos de otimismo e luz!

Eu sou merecedor!

Aceito, confio, entrego e agradeço!

Pratique o pensamento positivo todos os dias até virar um hábito em sua vida!

Pensamentos viram ações
Ações viram hábitos
Hábitos viram o caráter
E o caráter vira o seu destino (James C. Hunter)

Autoria:

Creilene R. Garcia( Pedagoga, Psicoterapeuta, Consteladora Familiar, Hipnóloga, Coach e cursando Parapsicologia Clínica)

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *